ACJ Advogados comenta cirurgia ilegal e morte de pacientes

ACJ Advogados comenta cirurgia ilegal e morte de pacientes

Neste domingo (23.01), o Dr. Rodrigo Araújo, especialista em Direito à Saúde e sócio de Araújo, Conforti e Jonhsson Advogados Associados, cliente Tawil em Assessoria de Imprensa, falou sobre o caso de um médico acusado de cirurgia ilegal no Brasil no programa Domingo Espetacular, da Rede Record.

A matéria denuncia a morte de 7 pacientes que passaram por cirurgia nas mãos do Dr. Áureo Ludovico de Paula, médico conhecido que tem entre as celebridades atendidas, o ex-jogador Romário. O procedimento médico chamado interposição ileal é usado para tratar a obesidade e a diabetes.

Os órgãos que regulam a medicina no Brasil apenas reconhecem o tratamento como experimental. O Dr. Rodrigo afirma que nesses casos, é fundamental que os pacientes que operam saibam os riscos envolvidos:

“Primeiro, o paciente tem que ter a manifestação livre e esclarecida a respeito do interesse dele em fazer a cirurgia. O paciente precisa fazer isso de forma gratuita, ou seja, ele não pode receber por participar da pesquisa clínica e também não pode ter que pagar os serviços do médico que vai realizar o procedimento.”