O que é identidade de marca?

O que é identidade de marca?

Quando falamos em identidade de marca, é muito comum pensar primeiro na questão visual. A maneira que a sua empresa se apresenta é super revelante, mas vai além de pontos questões como cores e formatos. Ela engloba questões comportamentais, posicionamento estratégico no mercado e propósito. É o conjunto de mensagens que você deseja passar. 
 
Para isso, é essencial definir para quem sua empresa irá direcionar suas ações – o público-alvo – e quais canais serão utilizados no processo –  redes sociais, blogs, imprensa, entre outros. 
 
Feito? Agora, mão na massa. Seja qual for o meio e a linguagem escolhidos, não esqueça que sua marca precisa construir uma narrativa contundente, coerente e alinhada com tudo o que a organização acredita e pratica. E tenha em mente que o mais importante é o seu consumidor. O retorno que esse grupo vai dar – positivo ou negativo – será o grande balizador (?) dos seus próximos passos. 
 
Esse artigo ajudou? Se quiser saber mais, manda um e-mail para contato@tawil.com.br 
 
Queremos ser a sua próxima agência!
5 erros de Comunicação que devem ser evitados pela sua empresa

5 erros de Comunicação que devem ser evitados pela sua empresa

Por Pedro Henrique Tavares

Quais são as áreas estratégicas de sua empresa? Finanças, Recursos Humanos, Marketing? E a Comunicação, onde fica? Ela está em todo o lugar: desde a troca de tarefas entre as equipes até a seleção e ordenamento das informações e valores que serão repassados para fora da companhia. A boa notícia é que não existe fórmula pronta. Cada empresa tem uma cultura, uma história e um propósito diferentes.

Tawil Comunicação selecionou 5 erros comuns que qualquer companhia deve evitar:

Desconhecer o público

Muitas empresas ignoram o público-alvo e desenvolvem um diálogo híbrido, sem identidade própria ou empatia. Se o seu público-alvo não se identificar com a marca, seu negócio dificilmente terá uma boa base de relacionamento.

Ignorar as Redes Sociais

Hoje, são muito raros os casos em que uma plataforma social não entra no plano de construção e manutenção de uma marca. Entretanto, é importante levar em consideração a questão da conversão: não é a rede social que vai aumentar a venda de um produto ou serviço. Apesar de oferecerem funcionalidades que ajudam a fazer isso, esses meios são, essencialmente, ferramentas de relacionamento.

Esquecer a Comunicação Interna

O colaborador deve ser o primeiro a saber sobre qualquer mudança de estratégia na empresa, seja ela de comunicação, vendas, finanças, recursos humanos ou outra área estratégica. Isso deve ser feito antes do lançamento de uma campanha publicitária ou um anúncio para a imprensa, por exemplo.

Confundir Relações Públicas e Publicidade

Jamais esqueça que a Comunicação abrange diferentes especialidades: Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda. No caso do relacionamento com a imprensa, ela faz a ponte entre veículos de comunicação (jornalistas) e instituições (públicas e privadas). É uma ação que tem o propósito de divulgar e gerar pauta para as redações. Isso não significa, porém, que o repórter vai elogiar um produto ou falar bem de uma empresa, sem olhar crítico.

Desprezar o feedback

O processo de comunicação envolve emissão de uma mensagem bem construída (instituição) para um receptor (consumidor) que deve compreender o objetivo dessa informação. Mas atenção: não esqueça que isso deve se transformar em um diálogo. É fundamental que o receptor sinalize que entendeu o que você quis dizer.